Show de BK’ com abertura da SoundFoodGang, faz Audio estremecer

Na última sexta-feira (04/02) BK’, Nill e seus convidados mostraram como os shows fazem parte daquilo que somos . É um papo sobre sinergia pura, sobre comunidade e pertencimento.

Existe algo quase espiritual na energia de shows. Funciona como uma explosão de vibrações que penetra e se estende por cada milímetro do corpo, gerando agitação e movimento. É algo lindo de presenciar e, a repórter que vos fala, ficou quase 730 dias sem vivenciar isso.

Nill, ficou no toque do show de abertura e não fez isso sozinho porque convidou todos os integrantes da SoundFoodGang pra colarem. Foi mágico ver como é possível sim criar e performar em conjunto. Dispenso palavras para o Mano Will que brilhou lado a lado desde a primeira música.

Fotografia: Ariene Leite – Brasa Mag

No meio da pausa para recuperar o fôlego, as luzes diminuem e nós escutamos “E ae São Paulo! Então vem”. Quando BK’ anunciou sua entrada um mix de sentimentos explodiu no meu peito e é até complicado de tentar explicar.

Fotografia: Ariene Leite – Brasa Mag

Escutar o coro de vozes entoando “eles querem matar o mano que resiste e nós queremos ser livres”, citação que rola em “Movimento”, primeira música do álbum “O Líder em Movimento”, trouxe a revolta e fúria que nós catalizamos para sobreviver todos os dias.

Ao lado de Jonas, mais conhecido como JXNV$, seu fiel companheiro, o tempo flui de maneira diferente, como se aquele fosse o único presente possível de se viver no mundo inteiro. Logo nos primeiros 30 minutos de show, todes já haviam pulado, gritado e cantado, mas o melhor ainda estava por vir. O público sabia que iria ser presenteado com convidados especiais e isso não tornou o momento menos surpreendente. Quando BK’ anuncia que não estava sozinho e convida Brill, o público vibra!

E os convidados não pararam por ai: Luccas Carlos, Nochica, Nill, Ashira, Akira, Febem e CHS foram convocados para cantarem lado a lado seus maiores hits. Mostrando como nada no rap é construído sozinho, o bagulho é sobre trabalho coletivo de base!

Fotografia: @mendesculpa – SoundFoodGang

Fecho esse texto deixando o salve que rolou em meio ao show  “Se cuidem e se vacinem pra poder continuar colando nos meus shows”. Eu fiquei quase dois anos sem viver nenhum show e, depois de ter ido nesse, não sinto que posso ficar sem isso novamente. Se vacinem e usem a máscara pff2!

Além de acompanhar o show tivemos a honra de bater um rápido papo com Abebe Bikila e te ensina como superar um sabadin de merda! Essa história você confere no nosso instagram. Fica esperte!

Compartilhe nas suas redes sociais

Share on facebook
Share on twitter

Somos veículo de revolução